(Getty Images)

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta madrugada uma emenda ao pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão que prevê a extensão do aumento do auxílio-desemprego de US$ 300 por semana até setembro, após acordo entre senadores democratas. O texto, aprovado por 50 votos a favor e 49 contra, abre caminho para o aval à legislação de alívio, que deve acontecer neste sábado.

O acordo encerrou um impasse com Manchin, um democrata da Virgínia Ocidental, que vinha impedindo que os parlamentares avançassem na maratona de horas de votação de emendas que precede a votação sobre o legislação final. Os debates se estenderam pela manhã de sábado.

A emenda prevê a extensão da duração dos benefícios federais a desempregados, mas reduz seu valor semanal, em comparação com o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Representantes no sábado passado, que previa pagamentos semanais de US $ 400 até 29 de agosto. Os democratas do Senado adicionaram uma nova cláusula para tornar os primeiros US $ 10.200 dos benefícios de 2020 não tributáveis para famílias que ganham menos de US $ 150 mil.

Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here