Capacitação faz parte do programa Medida de Aprendizagem no Distrito Federal | Foto: Divulgação/Sejus

“Parabéns aos nossos jovens pelo comprometimento com os estudos e por acreditarem no poder da educação” Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

Com certificado na mão e a vontade de seguir uma nova história, 30 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa no DF se formaram, na quinta-feira (5), no curso de assistente administrativo, após um ano de dedicação aos estudos. As aulas foram ministradas entre 17 de janeiro de 2020 e 3 de março de 2021, na Unidade de Internação de Saída Sistemática (Uniss) e na Unidade de Internação do Recanto das Emas (Unire).

“O nosso trabalho é responsabilizar os adolescentes pelos atos praticados, mas também garantir que tenham a oportunidade de romper com o ciclo infracional”, declarou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, durante a cerimônia. “Parabéns aos nossos jovens pelo comprometimento com os estudos e por acreditarem, junto com todos os atores envolvidos na realização desse curso, no poder da educação!”

O subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves, reforçou: “O acesso à qualificação profissional gera oportunidades para que esses jovens tenham um novo projeto de vida, com a inserção no mercado de trabalho”.

 A capacitação faz parte do programa Medida de Aprendizagem no Distrito Federal, fruto de parceria entre a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) – ao qual o Sistema Socioeducativo é ligado –, o Serviço Nacional da Indústria (Senai) e o Ministério Público do Trabalho (MPT).

A formatura ocorreu de forma virtual, com a presença dos formandos, instrutores e familiares. No final da cerimônia, os alunos da oficina de panificação da Unire produziram pizzas para o lanche comemorativo em homenagem aos colegas formandos.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here