Distrito Federal abre vacinação de crianças em domingo ensolarado


Manhã foi marcada por clima de tranquilidade nas 11 Unidades Básicas de Saúde; até as 12h foram aplicadas 2.341 doses

 

HUMBERTO LEITE, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: MARGARETH LOURENÇO

 

O primeiro dia da vacinação de crianças contra a covid-19 foi tranquilo no Distrito Federal. Houve formação de filas antes mesmo das 11 Unidades Básicas de Saúde (UBS) abrirem, às 8h da manhã. Mas em pouco tempo, a espera passou a ser apenas de alguns minutos.

 

Na UBS 1, no Guará, e na UBS 5, em Taguatinga, já não havia fila por volta das 10 horas da manhã. Dez mil doses foram distribuídas neste primeiro dia de vacinação, exclusivo para crianças de 11 anos ou de 5 a 11 anos com comorbidades. Até 12h, foram aplicadas 2.341 doses.

 

Foi iniciada a campanha de vacinação para crianças de 11 anos e de 5 a 11 anos com comorbidades – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

O primeiro a receber o imunizante foi Carlos Adalberto Pereira da Silva, 8 anos. Morador do Areal, com paralisia cerebral, recebeu a primeira dose do imunizante às 7h47 na UBS 5 de Taguatinga. A mãe, Cleci Mata Pereira da Silva, não escondeu a emoção ao ver o filho ser protegido contra a doença. “É muito importante”, assegurou e defendeu que a imunização “vai fazer com que as crianças fiquem protegidas”.

 

Carlos Adalberto foi a primeira criança a receber a vacina contra a covid-19 no DF  – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

Em seguida, foi vacinada Manuela Rodrigues, de 9 anos. Asmática, a menina encheu os olhos de lágrimas após receber o imunizante. Mas não era medo. Manuela ficou nove dias internada após contrair covid-19, e nfrenta sequela com dificuldades para andar. “É esperança de dias melhores, é um alívio”, resumiu Vitória, mãe de Manuela.

 

Na UBS 1 do Guará, os primos Izabella e Caio Briel, ambos de 11 anos, distribuíam sorrisos antes, durante e depois da vacina. “A covid já está muito avançada. E com essa nova onda é melhor a gente se prevenir”, aconselhou Caio. “É para gente andar mais seguro na rua”, completou Izabella.

 

Manuela Rodrigues ficou emocionada ao receber a vacina  – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

Nas 11 unidades, o atendimento foi agilizado com a convocação de servidores para reforçarem o acolhimento e a triagem das crianças e dos seus acompanhantes. “As doses estão chegando, está tudo planejado, não há necessidade de chegar de madrugada nas nossas unidades” assegurou o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache. Ao lado do governador em exercício, Paco Brito, Pafiadache acompanhou o começo da vacinação na UBS 5, em Taguatinga.

 

Mais 23 mil doses devem ser recebidas ainda esta semana e mais 16 mil no dia 27.

 

 

Secretário de Saúde e o governador em exercício acompanharam o início da vacinação  – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

 



















Source link


Manhã foi marcada por clima de tranquilidade nas 11 Unidades Básicas de Saúde; até as 12h foram aplicadas 2.341 doses

 

HUMBERTO LEITE, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: MARGARETH LOURENÇO

 

O primeiro dia da vacinação de crianças contra a covid-19 foi tranquilo no Distrito Federal. Houve formação de filas antes mesmo das 11 Unidades Básicas de Saúde (UBS) abrirem, às 8h da manhã. Mas em pouco tempo, a espera passou a ser apenas de alguns minutos.

 

Na UBS 1, no Guará, e na UBS 5, em Taguatinga, já não havia fila por volta das 10 horas da manhã. Dez mil doses foram distribuídas neste primeiro dia de vacinação, exclusivo para crianças de 11 anos ou de 5 a 11 anos com comorbidades. Até 12h, foram aplicadas 2.341 doses.

 

Foi iniciada a campanha de vacinação para crianças de 11 anos e de 5 a 11 anos com comorbidades – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

O primeiro a receber o imunizante foi Carlos Adalberto Pereira da Silva, 8 anos. Morador do Areal, com paralisia cerebral, recebeu a primeira dose do imunizante às 7h47 na UBS 5 de Taguatinga. A mãe, Cleci Mata Pereira da Silva, não escondeu a emoção ao ver o filho ser protegido contra a doença. “É muito importante”, assegurou e defendeu que a imunização “vai fazer com que as crianças fiquem protegidas”.

 

Carlos Adalberto foi a primeira criança a receber a vacina contra a covid-19 no DF  – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

Em seguida, foi vacinada Manuela Rodrigues, de 9 anos. Asmática, a menina encheu os olhos de lágrimas após receber o imunizante. Mas não era medo. Manuela ficou nove dias internada após contrair covid-19, e nfrenta sequela com dificuldades para andar. “É esperança de dias melhores, é um alívio”, resumiu Vitória, mãe de Manuela.

 

Na UBS 1 do Guará, os primos Izabella e Caio Briel, ambos de 11 anos, distribuíam sorrisos antes, durante e depois da vacina. “A covid já está muito avançada. E com essa nova onda é melhor a gente se prevenir”, aconselhou Caio. “É para gente andar mais seguro na rua”, completou Izabella.

 

Manuela Rodrigues ficou emocionada ao receber a vacina  – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

Nas 11 unidades, o atendimento foi agilizado com a convocação de servidores para reforçarem o acolhimento e a triagem das crianças e dos seus acompanhantes. “As doses estão chegando, está tudo planejado, não há necessidade de chegar de madrugada nas nossas unidades” assegurou o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache. Ao lado do governador em exercício, Paco Brito, Pafiadache acompanhou o começo da vacinação na UBS 5, em Taguatinga.

 

Mais 23 mil doses devem ser recebidas ainda esta semana e mais 16 mil no dia 27.

 

 

Secretário de Saúde e o governador em exercício acompanharam o início da vacinação  – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

 

 



















Source link

More from author

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Related posts

Advertismentspot_img

Latest posts

Lista Mundial da Perseguição 2022: Afeganistão é o novo primeiro colocado; Cuba entra no ranking

A Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2022 foi publicada nesta quarta-feira, 19, pela Missão Portas Abertas e os dados revelam que a vida...

Média de casos de Covid-19 no Brasil atinge recorde desde início da pandemia – Money Times

O aumento de casos de Covid-19 provocado pela altamente transmissível variante Ômicron do coronavírus levou a média de infecções de 7 dias do...

Quase 400 pneus recolhidos pelas ruas do Recanto das Emas

Com as fortes chuvas que atingiram o DF na primeira semana deste mês, as administrações redobraram os cuidados para evitar que a...

Want to stay up to date with the latest news?

We would love to hear from you! Please fill in your details and we will stay in touch. It's that simple!