Zoo acolhe cachorro-do-mato-vinagre, espécie ameaçada de extinção

16/6/22 às 13:29, Atualizado em 16/6/22 às 13:49

Zoo acolhe cachorro-do-mato-vinagre, espécie ameaçada de extinção

Rondon, como foi batizado, tem 1 ano e meio e foi resgatado no Mato Grosso; ele vai fazer companhia a Xingu, macho adulto que chegou em Brasília em 2017

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

A Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB) acolheu um cachorro-do-mato-vinagre macho de 1 ano e meio, após recomendação do programa de conservação da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (Azab) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). O cachorro-do-mato-vinagre é uma espécie ameaçada de extinção e sua população na natureza é menor que 10 mil indivíduos.

O jovem Rondon, da espécie cachorro-do-mato-vinagre, foi resgatado no Mato Grosso e acolhido pelo Zoológico de Brasília | Foto: Welington Coelho/Zoo

O animal recebeu da equipe técnica do Zoo o nome de Rondon. Ele foi resgatado no estado do Mato Grosso (MT) e foi transportado gratuitamente de Cuiabá (MT) para Brasília pela Latam Cargo, por meio do programa Avião Solidário.

“Os zoológicos são centros de conservação de fauna e devem focar seu trabalho em espécies ameaçadas de extinção, seguindo sempre as recomendações dos programas nacionais e internacionais” Filipe Reis, diretor de Mamíferos do Zoológico de Brasília

Ao desembarcar no aeroporto da capital federal, nesta quarta-feira (15), foi recebido pela equipe de fauna do Aeroporto de Brasília e técnicos do Zoológico de Brasília na área de animais vivos do Terminal de Cargas.

O animal chegou ao Zoo vai fazer companhia ao Xingu, macho adulto da mesma espécie que chegou em Brasília em 2017. Por se tratar de uma espécie de hábito gregário, ou seja, que vive em grupos, a aproximação dos dois indivíduos é essencial para o bem-estar de ambos.

“Os zoológicos são centros de conservação de fauna e devem focar seu trabalho em espécies ameaçadas de extinção, seguindo sempre as recomendações dos programas nacionais e internacionais. Quando falamos em conservação, temos que sempre pensar também no bem-estar dos animais que estão sob nossos cuidados”, disse o diretor de Mamíferos do Zoológico de Brasília, Filipe Reis.

O animal ficará em quarentena em um recinto temporário, fora da área de visitação, para que sejam realizados todos os exames clínicos e comportamentais necessários. Após esse período passará por um processo de aproximação com seu novo companheiro.

Avião Solidário

O programa Avião Solidário existe há mais de 10 anos e é um dos mais importantes do Grupo Latam no contexto da sua estratégia de sustentabilidade. O programa coloca à disposição da América do Sul toda a experiência logística e a malha da Latam para o transporte gratuito de pessoas, animais e cargas em emergências de Saúde, Meio Ambiente e Desastres Naturais.

No Brasil, o Avião Solidário já decolou para apoiar a conservação de mais de 4.600 animais de diferentes espécies, especialmente as ameaçadas de extinção. Somente em 2022 já foram transportados 120 animais silvestres.

*Com informações do Zoológico de Brasília

 

Últimas Notícias

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem