Escavações do túnel Taguatinga serão totalmente reaproveitadas

 



Além de inovador e magnífico, o Túnel de Taguatinga também possui características sustentáveis. A construção vai reaproveitar o terreno recuperado da escavação reversa para o aterramento de todas as lajes e a construção das avenidas por onde os ônibus e BRTs devem passar. De acordo com o projeto, 47% de todos os materiais escavados serão reaproveitados. Isso é 74.088 m³ de 155.261 m³.

O restante do material será utilizado para outros trabalhos realizados pelo GDF. Além do tratamento de erosão, o secretário de obras, Luciano Carvalho, explica que esse material também pode ser utilizado em obras de pavimentação de vias urbanas. Para acessar o material, as pastas do governo precisam perguntar ao Ministro da Infraestrutura do Trabalho sobre o sistema de doação de terras escavadas.

O Túnel de Taguatinga é considerado a maior obra viária em andamento no Brasil, com investimento de R$ 275 milhões e geração de mais de 400 empregos diretos e indiretos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem